Home | @busar | FAQ | Notícias | Processos | Imprimir | CADASTRO | ATUALIZAÇÃO | PAGAMENTO | SEU IP : 54.156.92.243
ABUSAR e INTERNET 
Apresentação
Como se inscrever
Benefícios
Atualizar Cadastro
Teste de LOG OFF
Perguntas freqüentes
Links recomendados
Contatos
Custos

Biblioteca
Dados Internet Brasil 
Material de imprensa
Notícias: News Fórum
Notícias publicadas
Termos/Cond. de Uso
Circulares
Linha do Tempo

LEGISLAÇÃO
Justiça
Processos
Regulamentação Anatel
Documentos
Consulta Pública 417

TECNOLOGIA
Manuais
Modems - Configuração
Testes de Velocidade
Conexão/Traceroute
Autenticação
Tutoriais
Tecnologias
VoIP
Portas
Provedores
Antivirus
Hardware Cabos
Linux: dicas de uso
Redes privadas VPN
Softwares (download)
FTP Abusar Pitanga

SEÇÕES
AcesseRapido
ADSL
AJato
BRTelecom
Cabo
Humor
Neovia
Rádio
Sercomtel
StarOne
TV Digital
Velox
Vesper Giro
Virtua

Serviços GDH


Guia do Hardware

Fórum GDH

Serviços ModemClub

SpeedStat
Teste sua conexão
Mostra IP
Descubra seu IP e Host Name
Suporte ModemClub

Fórum Banda Larga

Clube das Redes
Clube do Hardware
ConexãoDLink
Fórum PCs
InfoHELP -
Fórum
Portal ADSL - Fórum
PCFórum
- Fórum
Tele 171

Fale com a ABUSAR
Escreva ao Webmaster
Material de imprensa

Copyleft © 2002 ABUSAR.org
Termos e Condições de Uso

Speakeasy Speed Test

WEBalizer

Webstats4U - Free web site statistics Personal homepage website counter


Locations of visitors to this page
 
Monopólio na Internet

Fonte: ABRAMULTI - Manoel Santana Sobrinho

Quase 100 por cento da telefonia fixa local no Brasil está nas mãos das 3 Operadoras locais: Telefônica, Brasil Telecom e Telemar.

A maioria das Operadoras de celulares também pertencem a estas três.

Quase 100 por cento dos serviços de Valor Adicionado, como despertador, hora certa, informações de cinema, etc. estão nas mãos delas.

Quase 80 por cento da Internet discada está com os provedores delas.

Quase 100 por cento da Banda larga ADSL é do serviço delas, Speed da Telefônica, Brturbo da Brasil Telecom e Velox da Telemar.

As três Operadoras estão lançando seus serviços de Voz sobre Ip, que naturalmente também vão dominar o mercado, pois as demais empresas têm que comprar a terminação delas.

Se com estes números já temos um monopólio de fato na Telefonia Fixa Local, na Telefonia celular, nos serviços de Valor Adicionado de Telecomunicações, na Internet discada e banda Larga, ninguém ainda atentou para o que pode estar vindo aí, o monopólio em Serviços de Comunicação de Massa.

Com a chegada da IP TV, que permitirá ao usuário ver a programação que quiser quando lhe convier, as demais operadoras a cabo sofrerão um duro golpe, pois as 3 Operadoras locais já tem os cabos Telefônicos chegando à grande maioria das residências.

Com investidas como a Rádio Oi, da Telemar que não precisa de publicidade que não sejam as suas e de suas subsidiárias para sobreviver, as rádios comerciais também terão muitas dificuldades para manterem sua audiência.

Com a convergência que todos estes veículos podem ter, serão gerados produtos com subsídio cruzado e alto grau de interatividade que inviabilizarão totalmente a concorrência em qualquer um destes setores.

Não há de se dizer que elas poderão facilitar a entrada de algum destes serviços na convergência digital para concorrer com algum dos seus produtos, pois é justamente isto que elas não permitiram até agora.

Veja o exemplo da Embratel, que está há anos tentando usar o cabeamento de rua, a famosa desagregação de redes prevista na legislação, para concorrer com as três na telefonia local e ADSL. Ela está passando cabeamento duplicado, que gera maiores custos, que serão repassados aos consumidores, quando bastaria que solicitasse o uso da estrutura a preços razoáveis e atender muito mais rapidamente aos usuários.

Este, aliás, é o motivo principal do monopólio, mais de uma centena de empresas que se qualificaram perante a Anatel para serem concorrentes delas na telefonia fixa local não puderam sequer iniciar as suas atividades.

Mais de 350 empresas não ligadas a estas operadoras tem a licença do Serviço de Comunicação Multimídia, que deveria ser o responsável pela universalização da Banda larga, Voip, Vídeo on Demand, etc., mas nenhuma destas empresas conseguiu utilizar os pares metálicos que chegam aos usuário para prover estes serviços porque as Operadoras não permitem.

Quando se dignam a apresentar orçamento para a desagregação das redes, os valores cobrados não permitem concorrer com o próprio serviço que elas prestam ao usuário final, sendo esta a razão pelo qual, praticamente só existem os serviços das Operadoras no ADSL.

Um acordo de troca de tráfego entre elas permitirá que as “3 meninas”, como são chamadas ofereçam a Banda Larga a custos muito menores que os concorrentes, tirando todos do mercado. Quando o tráfego circula exclusivamente dentro da sua rede o custo é apenas de infra-estrutura e com este acordo elas podem manter quase 100 por cento do tráfego dentro da sua rede.

Mas se o custo diminui, porque não é bom para os usuários e para o país? A resposta é óbvia, por causa do monopólio, ou será que ninguém percebeu que todos os contratos destas Operadoras para ADSL com seus usuários estão com preços promocionais e podem ser alterados unilateralmente.

A diminuição de custo é bem-vinda, mas as Operadoras deveriam praticar a desagregação das redes com as demais Operadoras e SCMs.

Todas, então, disputariam para vender o uso da estrutura para todos os Provedores, que, concorrendo entre si, ofereceriam melhores serviços a custos menores.

Este é o modelo que está na legislação e o único que pode gerar concorrência na Internet e todos os outros serviços que já existem e estão por vir.

Quando será que as nossas autoridades em telecomunicações vão se dar conta de que as “3 meninas” não operam umas nas áreas das outras, que as empresas espelhos, suas concorrentes na Telefonia Fixa não vingaram, e que elas ficarão sozinhas na Internet ?

Google

Digite os termos da sua pesquisa
   
Enviar formulário de pesquisa 

Web www.abusar.org
KoriskoAnim.gif

Internet Segura

Teste a qualidade de sua conexão Internet

abusarXspeedy.jpg (29296 bytes)

AGE - OSCIP

Limite de Download

DICAS

Você pode ser colaborador da ABUSAR
Envie seu artigo, que estudaremos sua publicação, com os devidos créditos !

Compartilhamento de Conexão

Alteração de Velocidade

Mudança de Endereço mantendo o Speedy Antigo

Cancelando o Speedy

Comparação entre Serviços de Banda Larga

Qual a melhor tecnologia da banda larga?

Como saber se seu Speedy é ATM, Megavia, PPPOE ou Capado (NovoSpeedy)  

Guia para reduzir gastos Telefônicos

Economizando Megabytes em sua Banda Larga

"Evolução" dos Pop-ups do Speedy

SEGURANÇA

Crimes na internet? Denuncie

Segurança antes, durante e depois das compras

Acesso a bancos
Uma ótima dica, simples mas muito interessante...

Curso sobre Segurança da Informação

Uso seguro da Internet

Cartilha de Segurança para Internet
Comitê Gestor da Internet

Guia para o Uso Responsável da Internet

Dicas de como comprar
com segurança na internet

Site Internet Segura

Dicas para navegação segura na Web

Proteja seu Micro

DISI,jpg
Cartilha de segurança para redes sociais

Cartilha de segurança para Internet Banking

Cartilhas de Segurança CERT

  1. Segurança na Internet
  2. Golpes na Internet
  3. Ataques na Internet
  4. Códigos Maliciosos (Malware)
  5. SPAM
  6. Outros Riscos
  7. Mecanismos de Segurança
  8. Contas e Senhas
  9. Criptografia
 10. Uso Seguro da Internet
 11. Privacidade
 12. Segurança de Computadores
 13. Segurança de Redes
 14. Segurança em Dispositivos Móveis

Proteja seu PC
Microsoft Security

AÇÃO CIVIL PÚBLICA - MPF
HISTÓRICO
- Processo - Réplica - Quesitos - Decisão

Quer pôr fotos na Web e não sabe como?

Mantenha o Windows atualizado (e mais seguro) !

Tem coisas que só a telecômica faz por você !

Terra

Rodapé


Fale com a ABUSAR | Escreva ao Webmaster | Material de imprensa
Copyright © 2000 - 2009 ABUSAR.ORG. Todos os direitos reservados.
Termos e Condições de Uso
www.abusar.org - www.abusar.org.br

 Search engine technology courtesy FreeFind