Assunto: [R-Alfa] Usuário do Speedy consegue vitória no Supremo e não precisa pagar provedor
De: jornal@relatorioalfa.com.br 
Data: Mon, 21 Feb 2005 22:48:58 -0300 (BRT)
Para: relatorioalfa@grupos.com.br 
 

Enviado somente para assinantes, via duplo-opt in.         Atenção: Este é um e-mail automático. Favor não responder.
Assine gratuitamente enviando um e-mail para assinar-relatorioalfa@relatorioalfa.com.br    CANCELAR

Editor e diretor responsável: Aldo Novak             Desde 19 de Fevereiro de 1998                                 Edição 359        Ano VI

.
144.460 505.610 22/fevereiro/2005 4.316.432
Assinantes diretos Leitores - Circulação Líquida * Data do despacho Milhões de pageviews no site
 
 

Aldo Novak, editor, do Relatório Alfa.

Editorial
Supremo Tribunal Federal "puxa o tapete" da Telefonica


Parece que a Telefonica levou um tombo feio. O absurdo em exigir que seus usuários paguem um provedor para acessarem o Speedy (seu sistema de banda larga) foi derrubado no Supremo Tribunal Federal para o usuário Daniel Fraga, depois de um processo de três anos, abrindo um precedente histórico para outros processos semelhantes, já que a decisão não permite que a empresa recorra.

Saiba mais, abaixo ou visite o site da Abusar

 

 

         

DIREITOS DO CONSUMIDOR


Supremo Tribunal Federal

Usuário do Speedy consegue vitória no Supremo e não precisa pagar provedor

Vitória abre precedente para processos semelhantes que pipocam pelo País.

O Supremo Tribunal Federal decidiu dar ganho de causa para o internauta Daniel Alves Fraga, em um processo que levou três anos para garantir que ele não seja mais obrigado a pagar nenhum provedor para ter acesso ao sistema de banda larga Speedy, da Telefonica. Embora não seja aplicada aos outros internautas, essa decisão causa um buraco que não pode mais ser fechado, na batalha que a Telefonica vinha travando para impedir que isso pudesse acontecer.

Ou tros processos semelhantes, usando a mesma argumentação, já têm agora uma grande chance de seguirem o mesmo curso e terem final igual, garantindo que os milhões de usuários brasileiros de banda larga não sejam obrigados a pagar os parceiros da Telefonica.

Com a decisão, entidades como o Instituto de Defesa do Consumidor (Idec) e a Associação Brasileira dos Usuários de Acesso Rápido (Abusar) já se preparam para uma mudança nas ações contra as empresas de telefonia, que insistem em exigir que seus assinantes paguem duas vezes, para que tenham acesso à conexão de internet.
 

PARA MAIS INFORMAÇÕES, USE OS LINKS ABAIXO:

Tire suas dúvidas sobre como defender seus direitos, como usuário de banda larga, clicando em:
http://www.abusar.org

Conheça as acões do IDEC
http://www.idec.org.br

Telefonica
http://www.telefonica.net.br

Notícias INFO Online:
Internauta de SP se livra de provedor no Speedy
http://info.abril.uol.com.br/aberto/infonews/022005/18022005-11.shl

Saiba mais sobre o processo clicando AQUI.
Notícias Relacionadas publicadas pela ABUSAR http://www.abusar.org

VoIP passa de vilão a mocinho para operadoras (Ag. Reuters 29/10/04)
SCD "Revolução silenciosa" ou armação ilimitada?  (Observatório da Imprensa 19/10/04)
Nova operadora de telefonia mira VoIP  (IDG Now 15/09/04)
Banda larga dispensa provedor  (Folha de Pernambuco 15/09/04)
GVT lança voz sobre IP e prevê conflito com telefônicas
  (Ag. Reuters 14/09/04)
Aviso aos navegantes
  (Informática Etc. 06/09/04)
Autenticação de usuários é pedágio’  (Informática Etc. 06/09/04)
Cadei@ alimentar  (Informática Etc. 30/08/04)
Cobrança da banda larga está em discussão  (Informática Etc. 30/08/04)
Usuários x Telemar x Fácil Internet  (Informática Etc. 23/08/04)

Provedor gratuito é descredenciado pela Telemar  (Diário do Nordeste 23/08/04)
Briga com Telemar tira Fácil Internet do ar  (Plantão Info 20/08/04)
Telemar adota medidas para reduzir processos  (World Telecom 18/08/04)
Transit lança VoIP residencial na próxima semana  (IDG Now 12/08/04)
Telefonia pela internet cresce e ameaça hegemonia das operadoras (Isto É Dinheiro 11/08/04)
 

Visite o Relatório Alfa:    http://www.relatorioalfa.com.br

 
 
Receba o Relatório Alfa por email, GRÁTIS, clicando aqui. 
Enviamos no máximo 2 edições por semana (geralmente apenas uma) com edições selecionadas. Sua caixa de correio não é abarrotada com nossas edições, somente as mais importantes.

Você gostou dessa matéria? Então recomende-nos para um amigo, clicando aqui:

* O Relatório Alfa possui circulação líquida estimada em  3,2 leitores por assinante, resultando em um total superior a 500 mil leitores desta edição. A Circulação Líquida é baseada na resposta dos leitores para a seguinte pergunta: para quantas pessoas você redespacha o Relatório Alfa?

* Pesquisa da Agência Alfa dez/2002 entre todos os assinantes. O número total de assinantes é controlado pela empresa Grupos S/A e o número total de internatuas ativos brasileiros é baseado nos dados divulgados pelos institutos de pesquisa. Somente os usuários ativos são considerados.
 
Para CANCELAR, envie um e-mail vazio para cancelar-relatorioalfa@grupos.com.br 
Para assinar gratuitamente, envie um e-mail vazio para assinar@relatorioalfa.com.br