Cadastro

A ABUSAR (Associação Brasileira dos Usuários de Acesso Rápido) está cadastrando, através de sistema on-line, interessados em entrar em nossa associação. 
O objetivo deste novo sistema on-line é permitir que usuários de qualquer lugar do Brasil ou do Mundo possam tornar-se sócios de forma automatizada e instantânea, sem que para isso tenham que fazer a inscrição na sede da ABUSAR. 
Ele pode ser efetuado por pessoas físicas ou jurídicas, desde que não impedidos em razão de cargo ou função, conforme previsão estatutária.
Vale lembrar que neste momento a ABUSAR está movendo processos contra a Telefônica, a Brasil Telecom, a Telemar, e entrará com outros contra, por exemplo o Virtua, Vivax, CTBC  e todas as que cometerem irregularidades. 
Sua associação é necessária para que você possa fazer parte destas ações coletivas, e usufrua dos benefícios de suas sentenças. 
Leia, abaixo, o comunicado oficial da entidade acerca do processo da Telefônica

Para saber mais sobre a ação coletiva contra a Telefônica, consulte a FAQ  
(página de perguntas e respostas comuns) sobre o processo. 


 Speedy sem Provedor 

Teste de Log Off  

IMPORTANTE ! Cadastre-se em nome do TITULAR da conta telefonica

Clique aqui

 para saber os custos derivados de sua associação
cadastrar-se ou atualizar seu cadastro


Comunicado da ABUSAR

A ABUSAR fechou contrato para a propositura de ação coletiva em face à empresa Telecomunicações de São Paulo S.A. – TELESP, prestadora do serviço SPEEDY, em benefício dos seus associados, até a última instância cabível, afim de que seja reconhecido: o direito destes de utilizarem o sistema de acesso ADSL, sem necessidade de contratação de provedor de acesso à Internet (ISP), ou, alternativamente, que lhes seja facultado escolher o provedor que melhor atender às suas necessidades, inclusive os provedores gratuitos; devolução dos valores eventualmente pagos aos provedores por exigência da “Telecomunicações de São Paulo S.A.”, acrescidos das devidas correções; indenização por danos materiais e morais; devolução de tributos e demais verbas pagas indevidamente, devidamente corrigidas; que também seja facultado aos seus associados à prestação do serviço sem a obrigatoriedade de aluguel do modem exclusivamente da Telefônica, uma vez que o aluguel ou a compra do modem homologado pela Anatel de qualquer fornecedor é possível e pode ser vantajoso ao cliente, dependendo do caso.

A ABUSAR ainda informa que a equipe jurídica estará pronta para promover denúncias, representações ou quaisquer outros instrumentos jurídicos que se façam necessários junto aos órgãos investigativos e administrativos competentes, tais como ANATEL, CADE, Ministério Público, objetivando sempre a divulgação, posterior investigação e possível punição dos responsáveis. Estas denúncias e representações serão apresentadas em momento oportuno e acaso, ainda, aja interesse por parte da ABUSAR e seus associados.

Maiores informações podem ser obtidas pelo

“Questionário de Perguntas e Respostas Freqüentes”

ou pelo e-mail

abusar@abusar.org

ABUSAR - Associação Brasileira dos Usuários de Acesso Rápido